conecte-se conosco

Olá, o que você está procurando?

Jogos

Starfield – Muito abaixo do esperado | Review

Starfield decepcionou muitos devido à falta de contexto na trama inicial, diálogos excessivos e desinteressantes, dublagem fora de sincronia e combate insatisfatório.

Starfield - Muito abaixo do esperado | Review
Imagem: Divulgação/Bethesda Softworks

Starfield é um jogo de RPG de ação desenvolvido pela Bethesda Game Studios e publicado pela Bethesda Softworks. Starfield se passa no ano de 2330, na galáxia de The Settled Systems, que é composta por mais de mil planetas. O jogador assume o papel de um personagem que pode ser personalizado em termos de aparência, raça, habilidades e atributos. O objetivo do jogo é explorar a galáxia, completar missões e descobrir segredos.

O jogo oferece uma variedade de atividades para os jogadores, incluindo a exploração onde os jogadores podem viajar livremente entre os planetas, explorando diferentes biomas e criaturas, as missões que, como era esperado, teria uma variedade de missões principais e secundárias, que podem ser completadas de diferentes maneiras e a construção de bases próprias em planetas selecionados.

Starfield - Muito abaixo do esperado | Review

Imagem: Divulgação/Bethesda Softworks

Ao jogar Starfield pela primeira vez fiquei muito animado, era um jogo que estava sendo muito esperado pela comunidade gamer e teve um hype muito grande em cima dele. No começo do jogo já fiquei decepcionado, e vou logo adiantar que não concluí o jogo e acredito que não irei. Starfield foi bem abaixo da minha expectativa e, acredito eu, de muitas pessoas.

O início da trama é sem contexto algum, podendo jogar por algumas horas e continuar sem respostas, é uma história jogada na cara do jogador, por ser um RPG é entendível que há muitos diálogos, mas o que mais me deixou irritado é que para você progredir na história é necessário passar por todas opções de diálogos, chegando a ter 10 minutos ou mais de diálogos desnecessários.

Outro detalhe que podemos perceber ao iniciar o jogo é o seu menu bem simples e sem a menor característica espacial e uma trilha sonora que chega a ser ideal com a temática, mas por ser algo tão simples passa totalmente despercebida na história, ao contrário do que acontece no filme Interstellar.

As expressões de Starfield deixa o jogador em momentos de constrangimento ao acreditar que pode estar jogando um jogo da antiga geração, o Hogwarts Legacy, um jogo também de RPG, conta com diálogos precisos, necessários e com uma ótima qualidade de expressões, deixando o jogador livre ao visualizar o seu personagem e o outro, ao contrário disso, o Starfield deixa algo mais engessado onde o jogador não consegue mover a camêra durante os diálogos e nem ver o seu corpo. Além disso, em alguns momentos a dublagem fica totalmente fora de sincronia com a boca do personagem.

Leia também: Luigi’s Mansion 3 – Um jogo mágico do início ao fim | Review

Starfield conta com um combate seco, ao utilizar as inúmeras armas que estão no jogo, o jogador não sente o tiro que está dando em seus inimigos, isso é algo mínimo que não poderia faltar em um jogo que conta com um armazém cheio de armas. O carregamento de tela é outro ponto que faz o jogador perder todo o seu entusiasmo durante o jogo, há loading para tudo, para entrar na nave, sair da nave, sair do planeta, entrar no planeta, entrar em ambientes fechados, sair de ambientes fechados e muito mais. Sem contar também os erros de continuidade que há no jogos, não digo só durante o gameplay mas em suas cutscenes.

Starfield - Muito abaixo do esperado | Review

Imagem: Divulgação/Bethesda Softworks

Starfield é um jogo que conta com um gráfico excelente, apenas em sua maior performance, qualquer configuração abaixo disso é catastrófico, a Bethesda mesmo conseguindo fazer uma excelente ambientação não conseguiu fazer um mundo aberto tão vivo quanto em, por exemplo, Red Dead Redemption II.

Com poucos bugs, algo inesperado para um jogo como este, o Starfield deixa a realidade de lado em alguns momentos para fazer um jogo mais adaptável para uma realidade gamer, por exemplo o tiro das naves no espaço, que na vida real não se poderia escutar, em Starfield isso é possível. É um jogo que recorreu muito estudo e isso fica bem evidente, o jogo conta com uma alta complexidade, apenas os mais estudiosos irão compreender todos os detalhes que há no jogo.

Por fim, Starfield decepcionou muitos devido à falta de contexto na trama inicial, diálogos excessivos e desinteressantes, dublagem fora de sincronia e combate insatisfatório. Apesar de gráficos excelentes em sua alta performance e poucos bugs, alguns elementos quebram a imersão, tornando-o menos envolvente do que outros jogos similares. Starfield é complexo e requer atenção aos detalhes, mas pode não agradar a todos os jogadores.

“A humanidade sempre buscou conhecimento sobre o desconhecido.” – Sarah

*Review feita no PC

Avaliação
  • História
  • Gráfico
  • Jogabilidade
  • Trilha Sonora
  • Efeitos Sonoros
  • Inteligência Artificial
3

Conclusão

Starfield decepcionou muitos devido à falta de contexto na trama inicial, diálogos excessivos e desinteressantes, dublagem fora de sincronia e combate insatisfatório. Apesar de gráficos excelentes em sua alta performance e poucos bugs, alguns elementos quebram a imersão, tornando-o menos envolvente do que outros jogos similares. Starfield é complexo e requer atenção aos detalhes, mas pode não agradar a todos os jogadores.

Avaliação
  • História
  • Gráfico
  • Jogabilidade
  • Trilha Sonora
  • Efeitos Sonoros
  • Inteligência Artificial
3

Conclusão

Starfield decepcionou muitos devido à falta de contexto na trama inicial, diálogos excessivos e desinteressantes, dublagem fora de sincronia e combate insatisfatório. Apesar de gráficos excelentes em sua alta performance e poucos bugs, alguns elementos quebram a imersão, tornando-o menos envolvente do que outros jogos similares. Starfield é complexo e requer atenção aos detalhes, mas pode não agradar a todos os jogadores.

Gostou da crítica? Deixe o seu comentário e me siga nas redes sociais!

Escrito por

Olá, eu sou o Matheus. Atualmente estou graduando em Publicidade e Propaganda, atuando como CEO e Diretor de Criação na Araujo Media, Gerente Comercial da TFX LATAM e sou o Idealizador do portal Brazilian History.

Comentários
Espaço Publicitário
Espaço Publicitário

Você também pode gostar desses artigos

Resident Evil 3 Remake - Muito bom, mas poderia ser melhor | ReviewResident Evil 3 Remake - Muito bom, mas poderia ser melhor | Review

Jogos

Resident Evil 3 Remake oferece uma jornada emocionante e cheia de sustos!

Resident Evil 2 Remake - Uma atmosfera brilhante ReviewResident Evil 2 Remake - Uma atmosfera brilhante Review

Jogos

Confira a minha review de Resident Evil 2 Remake!

GTA Vice City: The Definitive Edition - O jogo continua quase perfeito | ReviewGTA Vice City: The Definitive Edition - O jogo continua quase perfeito | Review

Jogos

Confira o meu review de GTA Vice City: The Definitive Edition!

GTA III: The Definitive Edition - Melhoria gráfica, mas o jogo envelheceu mal | ReviewGTA III: The Definitive Edition - Melhoria gráfica, mas o jogo envelheceu mal | Review

Jogos

Confira a minha review de GTA III: The Definitive Edition!